Aprendendo Thumbpicking

Um thumbpicker fominha em Punta del Este.

UPDATE: atualizei os links pra download dos MP3, porque estouraram os limites do SoundCloud.

Já faz uns 3 anos que comecei a tocar no violão o estilo conhecido como thumbpicking (alguns também chamam de fingerpicking, embora esse termo parece ser mais genérico).

Desde piá eu já tocava um pouco de violão e teclado, e sempre tive vontade de tentar emular no violão o que conseguia no teclado: tocar a melodia ao mesmo tempo que a base. A primeira vez que vi isso ser feito de verdade, sem deixar nada sobrando, foi há mais ou menos uns 3 anos atrás, quando vi um vídeo do Tommy Emmanuel no Youtube.

Tommy Emmanuel

Tommy Emmanuel em algum show fenomenal por aí..!

Se você gosta de violão/guitarra, e ainda não conhece o nome Tommy Emmanuel, pare de ler esse texto agora mesmo e vá catar alguns vídeos do Tommy no Youtube! Aliás, vá mesmo que você nem curta muito o tal do violão! O Tommy é muito mais do que um baita músico, a chance é que você vai se abobar de qualquer forma. Pode começar com esse vídeo de Guitar Boogie, ou com a versão dele de Purple Haze.

Pois bem, o estilo que Tommy desenvolveu é em boa parte o thumbpicking de Chet Atkins, que desenvolveu o próprio estilo de tocar melodia em cima de baixos alternados tentando reproduzir o que ouvia de Merle Travis. Travis, por sua vez, desenvolveu o seu estilo a partir do country blues que era tocado pelos negros americanos da sua região.

Enfim, a origem da coisa toda é muito interessante, mas eu obviamente só fui descobrir essas coisas pesquisando bastante depois. Eu comecei nessa parada mesmo, basicamente, a partir dessa pequena lição do próprio Tommy: http://www.youtube.com/watch?v=YoqG7PO-MHs

Tommy Emmanuel fazendo palhaçada pra gente

Tommy fazendo uma das suas, e eu felizão assistindo…

Nesse vídeo ele conta, entre outras coisas, de quando ele ouviu no rádio pela primeira vez Chet Atkins tocando a melodia, o baixo e o ritmo, tudo ao mesmo tempo. Ele prossegue explicando (entre uma piada e outra :D) como treinou a independência do polegar dos outros dedos da mão direita, ainda quando criança, para conseguir fazer a mesma coisa. E assim fui iniciado, treinando os exercícios que ele ensinou nesse vídeo (deixando os amigos doidos), tentando incorporar nas músicas que eu já tocava, tentando em outras que aprendi depois, e tirando algumas músicas do Tommy e Chet.

Meu objetivo é tentar passar essas mesmas idéias aqui, no nosso bom português, pra quem também quer aprender esse jeito de tocar. Então, vamos lá!

Nota: No fim do post, está uma lista com os links para todos os exercícios propostos (áudios & tablaturas), assim você pode baixar e estudar com calma. As tablaturas são meramente uma ajuda pra quem achar mais fácil assim. Se você já toca “por ouvido” e não manja tablaturas, nem esquente a cabeça e vá pelo áudio mesmo.

Baixo alternado

A primeira coisa que você precisa começar a fazer pra desenvolver a independência na mão direita, treinar o baixo alternado com o polegar sozinho, o famoso dedão (em inglês, thumb – daí o nome thumbpicking). Esse é o famoso “boom-chick”, o som característico do estilo! Alguns exemplos de músicas: Locomotivation – Tommy Emmanuel, I’ll see you in My Dreams – Chet Atkins & Mark Knopfler, Thanks Chet – Robbie McIntosh.

O princípio é simples: você precisa abafar de leve as cordas mais graves que você vai usar para o baixo alternado, para que ele não se sobressaia e a melodia se destaque. Então, o primeiro exercício é exatamente isso: tocar o baixo alternado com abafamento, usando apenas o dedão.

Faça com a mão esquerda a posição aberta simples de Lá menor, e toque com o dedão nas 3 cordas graves alternando o baixo, tentando imitar o som que você ouve no áudio a seguir. Use o lado da palma da mão levemente encostado as 3 cordas de cima, para abafar um pouco o som.


Baixar MP3  |  Baixar tablatura: Baixo Alternado

Se você nunca fez esse tipo de coisa antes, você vai descobrir que o seu dedão é um bicho muito teimoso! O danado do polegar não quer fazer o que você manda ele fazer! Não se preocupe se o começo for difícil. Insista um pouco, tenha paciência, e em algumas semanas ele vai estar que é um leque! :)

Uma coisa que você pode tentar, é deixar os outros quatro dedos encostados no tampo do violão, assim você se força a usar somente o polegar e deixar os outros dedos parados. Isso foi uma coisa que eu precisei fazer no começo por um bom tempo.

O detalhe desse exercício é tentar abafar apenas as 3 cordas graves que você vai utilizar para o baixo, deixando as 3 cordas de baixo livres e “desabafadas” pra você usar depois. Essa técnica de abafamento com o lado da palma é também conhecida como palm mute, e é muito usada por guitarristas que usam palheta.

Aliás, se você tiver uma dedeira dando sopa, pode tentar usá-la, se preferir. Eu comecei usando os dedos mesmo, e comecei a usar a dedeira depois. Isso não deve importar muito nessa hora, agora o importante é treinar a independência do dedão. Faça como for mais confortável pra você. Treine o suficiente para conseguir manter o dedão tocando esse exercício por um bom bocado de tempo, sempre com o lado da palma da mão abafando as 3 cordas graves.

Trazendo os outros dedos para a dança

Quando você achar que tá na hora, experimente tentar colocar os outros dedos na dança. Ainda mantendo a mão esquerda fazendo a posição aberta de Lá menor, toque no tempo forte com os outros três dedos seguinte nas outras três cordas, enquanto faz o baixo alternado com abafamento nas três cordas de cima. Tente imitar o som do áudio:


Baixar MP3  |  Baixar tablatura: Acordes no Tempo Torte + Baixo_alternado

Novamente, se é a primeira vez que você faz algo parecido, você vai perceber o dedão teimoso! Quando você coloca os outros dedos pra tocar o acorde, o danado se rebela… Tente trabalhar nisso até achar que está bom.

Não esquente a cabeça em ficar perfeito logo de cara. Você está treinando sua mão pra fazer um troço que ela não tá acostumada, vai levar um bom tempo até o som sair estável. O negócio agora é o dedão ficar independente dos outros dedos. O som você trabalha pelo resto da vida depois… ;)

A seguir, quando você achar que está pronto, adicione uma outra puxada no acorde com os outros dedos, no contratempo, como no áudio a seguir:


Baixar MP3  |  Baixar tablatura: Acordes no contratempo + Baixo_alternado

Dependendo de como você estiver, esses 3 exercícios podem levar dias, semanas ou até meses. Pra mim, levou alguns meses até o som começar a soar mais natural. Eu nunca fui realmente muito disciplinado com essas práticas todas, mas o ideal é você manter a consistência. 15 minutos por dia é mais importante que 6 horas só no final de semana.

Minha sugestão é que você faça no seu ritmo, sem estresse. Mas sempre sabendo que se não está treinando, também não vai simplesmente conseguir tocar de repente.

Mudando os acordes e rascunhando melodia

Até agora, nos exercícios você estava com a mão esquerda parada e repetindo um padrão na mão direita várias vezes seguidas. Experimente agora mudar de acorde, mantendo o baixo alternado com o dedão: comece em Lá menor e vá para Mi maior, e depois volte, imitando o áudio.


Baixar MP3  |  Baixar tablatura: Base thumbpicking – Trocando acordes

Repare que quando muda o acorde, temos que recomeçar o padrão de alternar baixos em outra corda para tocar a tônica (raiz) do acorde no tempo forte. Quando em Lá menor, o baixo alternado deve começar em Lá (5a corda), quando em Mi maior, o baixo alternado deve começar em Mi (6a corda).

Esse é outro exercício que vai empoderar bastante seu dedão. Quando você consegue tocar com as duas mãos acompanhando as mudanças, você pode tocar qualquer música que encaixe nesse ritmo! Você pode criar seus próprios exercícios usando outros acordes, cifras de músicas que você conheça, cantigas de roda, enfim!

A seguir, o próximo exercício é dar mais serviço para os outros dedos, sempre mantendo o dedão no baixo alternado. Você vai colocar alguns padrões de dedilhado, e o dedão não pode parar. Volte para os exercícios anteriores se necessário, comece só com o dedão, e aos poucos comece a usar os outros. O áudio:


Baixar MP3  |  Baixar tablatura: Base thumbpicking com dedilhado em cima

Por fim, o último exercício é uma variação do anterior, em outro tom e com um padrão um pouquinho mais complicado. Todavia, o princípio é o mesmo: mudar de acorde, dedilhando com os dedos nas cordas de baixo, e o dedão sempre fazendo o baixo alternado.


Baixar MP3  |  Baixar tablatura: Base thumbpicking em Dó maior

Músicas simples de exemplo para estudar

O resto agora é com você, meu nego! :)

Fazer o que a maioria dos outros violeiros/guitarristas têm preguiça: aprender músicas novas!

Para o pontapé inicial, gravei essas versões de Aloha Oe e Windy and Warm pra esta pequena lição de thumbpicking. Você pode começar trabalhando nelas, ou achar outras no YouTube (Freight Train é uma boa).

Exemplo de Thumbpicking – Aloha Oe


Baixar MP3 – Aloha Oe

Exemplo de Thumbpicking – Windy & Warm


Baixar MP3 – Windy and Warm

Não deixe de conferir as versões de Windy & Warm de Tommy e Chet no Youtube. Só do Tommy tem várias versões, uma melhor que a outra…

E aprenda mais músicas. Dizem que músicas são os melhores professores. Copie as versões dos outros, faça as suas versões.

Pra você não se frustrar, comece com músicas simples. Se as que você já tentou estão fáceis, tente aprender algumas do Tommy Emmanuel ou do Chet Atkins, olhando os vídeos no Youtube, ou catando algumas tablaturas por aí. (Se todas estiverem fáceis, me avise, que vou querer fazer aula com você. :)

Uma coisa que ajuda na hora de aprender uma música, é reproduzir o arquivo de áudio e/ou vídeo mais lento, mantendo o mesmo tom. Existem programas que ajudam nisso, no Linux eu uso o Play It Slowly e o mplayer (na linha de comando). Para Windows, muita gente usa o BestPractice para áudio, mas não sei indicar um que faça o mesmo com vídeo.

No más, acho que era isso! Quaisquer dúvidas, sugestões ou correções, deixe um comentário ou mande um email, que responderei assim que puder.

Lista dos exercícios dessa lição:

Os arquivos de áudio estão publicados num set do SoundCloud. O SoundCloud desativou os downloads para os MP3 porque estouraram os limites, então movi os arquivos para um folder no Google Drive.

E as tablaturas estão aqui no blog mesmo:

  1. Baixo Alternado
  2. Acordes no Tempo Torte + Baixo_alternado
  3. Acordes no contratempo + Baixo_alternado
  4. Base thumbpicking – Trocando acordes
  5. Base thumbpicking + dedilhado
  6. Base thumbpicking em Dó
About these ads
Esse post foi publicado em General e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

15 respostas para Aprendendo Thumbpicking

  1. Lucas Indrusiak disse:

    Curti véio! Abraço ae.

  2. woody disse:

    Bacana, ótimas dicas!

  3. Felipe Mateus disse:

    valeu velho ajudou muito mesmo !

  4. frederico disse:

    cara tava procurando a tempos por exercicios desse genero,ajudo pra caraca!

  5. Francisco Gabriel da Silva Lima disse:

    ótimo, ótimo msm cara, acho mt top os videos do tommy e do Andy Mckee sabe, ei mais queria saber se vc ñ poderia passar as tablaturas das duas musicas que vc deixou ali em cima pra gente aprender a alohana e aquela outra ali, se tiver por favor passa ae, e muito abrigadoo velho!!!!

    fgabriel.mus@hotmail.com

    • eljunior disse:

      Valeu, Francisco!
      Então, cara, a idéia era que fazendo os exercícios na sequência, ao chegar no fim você fosse capaz de conseguir perceber mais ou menos o que está sendo tocado nos dois exemplos, sem precisar de tablatura. Especialmente a “Aloha Oe”, que a melodia é bem em cima dos acordes (Dó, Fá e Sol 7).

      Eu não tenho tablatura pra elas porque gravei elas meio no improviso mesmo, mas se você se esforçar um pouquinho mais, você deve conseguir tirar. Tentaí! :)
      Caso estiver travado nalguma parte, pergunte aí que eu tento ajudar.

      Valeu, cara!

  6. Francisco Gabriel da Silva Lima disse:

    Olá eljunior, da ultima vez que estive aqui vim com perguntas mais dessa vez trago indicações. Eu faço curso de violão na academia de guitarra e tecnologia AGT, bom mais a pessoa fera msm é o meu professor o Bruno Simas ele começou a estudar o fingerstyle e topu me ensinar, mais o que eu quero mostrar é alguns nomes muito bons do fingerstyle:
    Jon Gomm, aconselho ver a música -> PassionFlower;
    Antoine Dofou;
    Don Ross;
    Jimmy Wahlsteen, aconcelho a ver a música ->It’s your favorite.

    Abrasso amigo sóh quis passar aqui pra lhe mostrar esse caras ai espero que goste!!

    • eljunior disse:

      Alô, Francisco!
      Massa, cara, legal mesmo que você esteja estudando e curtindo o violão! Força aí, não pare nunca! :)
      Valeu pelo toque, desses que você falou eu só conhecia o Antoine Dufour. Conferi no Youtube essas músicas que você falou, os caras são animal mesmo!!
      Muito bom, valeu!
      Abração,
      tudo de bom!
      Elias

  7. Daniel Brito disse:

    Nossa, muito obrigado por isso. Estava precisando desse tipo de exercício para independência. Muito obrigado mesmo.

  8. Eduardo Corrêa Sampaio Neto disse:

    ótima iniciativa! parabéns! Conheço já faz um tempo o Tommy Emmanuel, aprendi a tocar várias de suas obras MARAVILHOSAS, tenho 51 anos e toco violão desde criança, e me emocionei bastante quando ouvi o Tommy tocar, aquele show em New Orleans, vi num DVD de um amigo que correu pra me mostrar aquilo, não desgrudei da TV, fiquei totalmente extasiado, e dai não parei mais de ouvir, isso já faz uns 9 anos. Ralei bastante pra tirar algumas canções, a internet ajuda muito! Abraços e muito legal saber que outros tbm estão nessa,
    PS. Tommy Emmanuel no Brasil, quando será!!!!!!!

    • eliasdorneles disse:

      Olá, Eduardo!
      Valeu pelo carinho!

      O Tommy é fantástico mesmo!
      Eu também lembro a emoção de ver o Tommy tocando pela primeira vez, e também quando assisti o vídeo inteiro do show dele em St Louis — fui fisgado instantaneamente!
      Gastei muitas horas tirando algumas músicas dele…

      Sobre Tommy no Brasil, ele esteve por aqui em 2010, lá em Teresina-PI no festival FENAVIPI.
      Eu fiquei sabendo apenas alguns dias antes do festival, e torrei as economias pra ir conhecê-lo. Não cheguei a tempo de ver o show, mas consegui conversar com ele e tocar junto algumas canções!
      Foi um dia muito feliz, até hoje às vezes me belisco pensando: “ei, isso aconteceu mesmo?!”

      Vamos torcer pra ele poder vir de novo com mais pompa, seria muito excelente um turnê dele aqui no Brasil… =)
      Abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s